Bateria de Vírus

A Sociedade Americana de Química apresentou no seu 240° Encontro Nacional novos estudos acerca de baterias sustentáveis. A proposta é tão simples quanto interessante: utilizar um vírus produzido em laboratório para gerar energia.

As baterias convencionais produzem eletricidade convertendo energia química em energia elétrica usando dois eletrodos – um ânodo (positivo) e um cátodo (negativo). A ideia é utilizar o novo vírus como um cátodo alternativo. Batizado de “bacteriófago M13” (em tradução livre), o vírus é inofensivo aos seres humanos, infectando apenas bactérias.

O principal objetivo do projeto é a Naplicação desta nova fonte energética em roupasN, tanto para uso civil como militar. Para tal, basta pulverizar a substância geradora de energia para que esta se mescle ao tecido. De acordo com Mark Allen, psquisador do MIT responsável por apresentar o projeto, “os soldados carregam quilos e quilos de baterias. Mas se você transformar suas vestimentas em uma porção de bateria, eles se livram de bastante peso. O mesmo acontece para executivos que viajam com frequência e se incomodam com vários carregadores – laptop, celular e outros dispositivos”.

Além de serem muito mais leves e duráveis do que as baterias convencionais de lítio, as baterias virais são mais seguras. Ao gerar menos calor durante o processo de geração de energia, reduz-se o risco de inflamabilidade.

Anúncios

0 Responses to “Bateria de Vírus”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: